quarta-feira, 22 de abril de 2009

vazios


Hoje eu acordei sentindo um vazio e não sei exatamente o por que.
Até sei, mas tô cansada demais para tentar explicar a mim mesma.
Parece que preciso sair correndo e gritar bem alto.
Parece que preciso chorar um rio de lágrimas até adormecer de cansaço.
Parece que as coisas estão como estão e fogem do meu controle.
Parece que tudo o que eu preciso é um abraço forte. Talvez meu mesmo.
Parece que esse não é um bom dia.
Mas olha só, ao menos hoje o dia está com uma completa cara de segunda-feira e já é quarta.
Porque ao menos alguma coisa boa eu sempre preciso lembrar.

5 comentários:

Nadia lopes disse...

Isso me lembra o jogo do contenete da Pollyana, pode parecer babaca, mas na realidade sempre tem alguma coisa boa por trás de tudo!

Como dizia a minha mãe soprando meu joelho "pronto-pronto, vai passar..."
beijo

Luciane disse...

Não achoq ue parece babaca não, Nádia! Só se somos então as duas babacas! :)
MAs se a gente nãoa char que sempre tem alguma coisa boa por trás de tudo fica dificil viver, né? Beijão!

Paula disse...

hahaha
Guria, estamos em sintonia mesmo!

Só que, acho que agora eu preciso mais é explodir do que me fechar num abraço.
Mas essa tua frase é muito boa.
Preciso de um abraço meu.
Depois de explodir, eu vou me abraçar! hehe

Beijos!

Luciane disse...

e eu depois de me abraçar, vou ser explosão! Espero que seja de alegria!!! E a tua também!"
Beijo!

Renata de Aragão Lopes disse...

E nada como um dia após o outro!
Feliz quinta-feira!