segunda-feira, 25 de maio de 2009

Um fim de semana com minha melhor amiga

Esse fim de semana foi meu. E me pertenceu de um jeito diferente. Algumas novidades não tão boas me fizeram pensar que não escrevi meu post anterior por acaso. Será que eu senti que tudo poderia mudar mesmo, e o tempo todo?

Prevendo ou não, a verdade é que o imprevisto me encontrou. E eu disse que estava com a alma pronta para ele. E no final das contas, não é que eu estava mesmo?

Imprevisto tem como premissa básica ser inesperado. Então a surpresa é inevitável. Mas é diante do imprevisto que temos que recorrer a quem somos. Recorrer ao que temos. E eu recorri a mim. Busquei meu cuidado, meu sentimento, minha companhia. E foi tão bom. Cumpri compromissos profissionais no sábado, que me fizeram lembrar do caminho que eu escolhi seguir e do quanto amo o que faço. Cumpri compromissos pessoais no domingo, quando fui correr mais uma maratona, e lembrar do quanto eu gosto de estar comigo, de cuidar de mim e superar meus limites. Ver o sol nascendo, correndo na beira do rio, escutando minhas músicas favoritas foi um presente que eu me proporcionei.

Dormi cedo nos dois dias, acordei cedo nos dois dias. Me alimentei, me cuidei, peguei os episódios do meu seriado preferido com uma amiga querida e feliz, que se dispôs a gravar todos para mim... Fiquei um pouco mais com meu irmão, que é meu cúmplice e melhor amigo. Mas fiquei sempre e incansavelmente comigo mesma, que venho descobrindo ser, cada vez mais, a melhor companhia com a qual eu conto.

5 comentários:

Nadia lopes disse...

ah Lu, desenhei na parede do meu quarto um micro-jardim e uma frase:" plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que lhe tragam flores..." é disso que estamos falando né?

beijoooo

Luciane disse...

É sim, Nádia, BEM disso que a gente tá falando...de cuidar do nosso próprio jardim... Beijos e uma linda semana pra nós!

Renata de Aragão Lopes disse...

Que lindos: o texto e a tela! : )
Que a semana seja de ainda maior reencontro consigo mesma! Beijo.

Kelen disse...

"Será que eu senti que tudo poderia mudar mesmo, e o tempo todo?".
Tá lá no meu: tudo muda o tempo todo!
.:.
Que bom que eu colaborei um pouco com esse teu final de semana! Mesmo que no fim das contas eu tenha te feito chorar!
:)

Luciane disse...

Valeu, Renata! Essa tela é linda né? Cheia de cor e vida, bem do jeito que eu espero que nossa semana seja! Amém!
***
Bah, e como tu me fez chorar, Kelen. E como foi bom! Obrigada!!! :)