quinta-feira, 21 de maio de 2009

Amor e Arte

É com profundo respeito e emoção que eu divulgo esse vídeo, realizado pelo filho de uma paciente que foi cuidada no Hospital Moinhos de Vento.

Ele realizou esse vídeo como um trabalho para um curso que realizava mas certamente como uma forma de ressaltar as pequenas sutilezas e até belezas da experiência que passaram. Foi uma homenagem à paciente, sua mãe.

Esse vídeo mostra que uma internação, mesmo não tendo o desfecho desejado, pode ser um momento de reencontro, de beleza, amor e paz.


5 comentários:

Luciane disse...

Depois que postei revi e pensei que quem não convive com essa realidade diariamente como eu pode não achar as imagens belas, mas sim impactantes. Até por isso acho que vou ter menos comentários nesse post. Até porque para as coisas realmente grandes da vida faltam palavras. Mas está aqui, e espero que de qualquer forma faça pensar...

Wania disse...

O outro lado da ponte...
As pequenas coisas, o olhar do paciente, o que representa cada coisa e cada gesto num contexto onde minimizar a dor e confortar a alma é o que se faz de melhor e mais importante!
Que os nossos olhos nunca fiquem cegos para isso...
Lindo!
Bjs

Luciane disse...

É tocante né, Wania? Me emocionou o quanto ele dá destaque a coisas tão simples de um quarto de hospital. Imagens que enxergamos todos os dias (ou eu enxergo) mas que perdem a poesia pela rotina. Vida nenhuma é comum.
Beijos

Renata de Aragão Lopes disse...

Bonito vídeo, Luciane!
Veio em boa hora...
Beijo!

Luciane disse...

Que bom, Re! :)