segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

eu

eu ainda nao acredito que ser fragil com conviccao e verdade pode me dar força. eu ainda nao acredito que as coisas existem e acontecem por razoes desconhecidas. eu ainda nao acredito que as noites sao oportunidades de esperar pela claridade. eu ainda nao acredito que a verdade é transformadora. eu ainda nao acredito que eu posso confiar no que eu acredito. eu ainda nao acredito que as pessoas passam pelos mesmo dilemas existenciais que eu. eu ainda nao acredito que posso realmente escrever algo bom. eu ainda nao acredito que exista destino. eu ainda nao acredito.

eu ainda.

eu.

eu quero acreditar nas palavras. eu quero acreditar nas minhas sensacoes. eu quero acreditar ainda mais na vida bem vivida. eu quero acreditar no futuro. eu quero acreditar que faco o melhor que posso com o meu passado e que sei deixa-lo onde ele deve estar.

eu ainda nao acredito que, na verdade,
ja acredito no amor de verdade.

5 comentários:

ELtaura disse...

eu posso dizer que acredito.

FeSeveroMe disse...

eu não acredito em nada, mas no nada há tudo q acredito.

Pedro disse...

Eu acredito que nossas crenças não precisam ser definitivas e que nós podemos mudá-las sempre que nos for conveniente.

Ana SS disse...

E há que se acreditar para viver.

Sandrovisks disse...

O amor de verdade existe, mas não está ligado a posse!